13/11
18h37m
A
A
A
Câmara de Tibagi recebe recomendação para cancelar pagamentos indevidos a servidores

 
O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Tibagi, nos Campos Gerais, emitiu nesta terça-feira, 12 de novembro, recomendação administrativa dirigida ao presidente da Câmara de Vereadores para que o Legislativo municipal se abstenha de fazer pagamentos irregulares a servidores da casa.

O documento leva em conta a recente aprovação da Lei Municipal 2.774/2019, em 7 de novembro, que dispõe sobre o novo regime jurídico dos servidores da Câmara Municipal. A lei, conforme o MPPR, tem como irregularidade a previsão de pagamento de adicionais de insalubridade, periculosidade e noturno, embora nenhum funcionário do Legislativo exerça função que justifique esses adicionais.

A recomendação estabelece prazo de 15 dias para que o destinatário informe as medidas adotadas para seu cumprimento.

Deixe o seu comentário
Blog Central Web
O seu portal de notícias do centro do Paraná
Blog Central Web
Rua Cons. Zacarias, N 631 - Pitanga-PR
Abrangência:
Pitanga, Manoel Ribas, Nova Tebas, Boa Ventura, Santa Maria do Oeste, Turvo, Palmital, Laranjal, Mato Rico, Campina do Simão e Goioxim.