08/10
19h34m
A
A
A
Auditores reclamam de humilhação por parte de secretário da Fazenda do Paraná e pedem exoneração

Do G1 Paraná

 Cinquenta e três auditores da Receita Estadual do Paraná pediram exoneração do cargo em protesto à atuação do secretário de Estado da Fazenda, Renê Garcia Júnior, na sexta-feira (4).

A informação foi confirmada ao G1 pelo presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep), Wanderci Polaquini.

Segundo ele, os funcionários relataram que não concordam com a forma com que o secretário atua e que ele "não tem muito trato com as pessoas".

Até a publicação da reportagem, os pedidos não tinham sido assinados pelo governador Ratinho Júnior.

Em nota, a Secretaria da Fazenda disse que "o pedido de exoneração de servidores em funções de confiança na Secretaria de Estado da Fazenda e Receita Estadual é natural em razão das mudanças e que as substituições devem ocorrer ao longo dos dias. Veja a íntegra do texto abaixo.

Wanderci Polaquini disse ainda que os servidores também afirmaram que foram humilhados em diversas situações pelo secretário. Eles ocupam cargos de chefias como delegados, inspetores, supervisores e coordenadores.

"Ele chamou as pessoas de incompetentes e foi tirando os servidores que têm cargo de carreira, concursados, e trouxe o pessoal do Rio de Janeiro para assumir os cargos. Ou seja, uma coisa sem fundamento porque o Rio de Janeiro não é exemplo pra ninguém em finanças públicas", contou o presidente do sindicato.

Ainda conforme o sindicato, essa é a primeira vez na história da Receita Estadual que houve um pedido coletivo de exoneração.

Veja a nota da Secretaria da Fazenda

"O pedido de exoneração de servidores em funções de confiança na Secretaria de Estado da Fazenda e Receita Estadual é natural em razão das mudanças promovidas na diretoria-geral da pasta e na coordenadoria do fisco. A medida assegura autonomia aos novos gestores para a indicação de profissionais que ficarão responsáveis pelas diversas atribuições administrativas dos órgãos".

20 unidades fechadas

Em setembro, o Governo do Paraná anunciou o fechamento das agências da Receita Estadual de 20 cidades do Paraná a partir de 1º de outubro.

O objetivo do governo é cortar gastos com o funcionamento das unidades. As pessoas destas cidades devem solicitar os serviços pela internet ou, caso prefiram o atendimento presencial, se descolar a cidades vizinhas. Veja a lista das unidades fechadas.

 

Deixe o seu comentário
Blog Central Web
O seu portal de notícias do centro do Paraná
Blog Central Web
Rua Cons. Zacarias, N 631 - Pitanga-PR
Abrangência:
Pitanga, Manoel Ribas, Nova Tebas, Boa Ventura, Santa Maria do Oeste, Turvo, Palmital, Laranjal, Mato Rico, Campina do Simão e Goioxim.