14/05
11h13m
A
A
A
Hospital ameaça fechar as portas em Ivaiporã

Via Tnonline

 
O Instituto de Saúde Lucena Sanchez, mais conhecido como Hospital e Maternidade Ivaiporã, anunciou que a instituição vai encerrar o atendimento no município em 30 de junho. A informação foi confirmada pelo médico e diretor técnico da instituição, Orlando Sanchez Junior. Com uma dívida estimada de R$ 700 mil, o hospital tem 68 leitos, sendo 9 de UTI, e atende toda região.

Quero deixar claro que esse problema de falta de verbas já existe há muitos anos, mas que agora fica impossível continuar o atendimento. Não temos mais condições de funcionar apenas com os valores que são repassados pelo SUS”, explica o diretor.

Para tentar minimizar o problema financeiro, o hospital se transformou em instituto no final de 2017, com a promessa de ampliação de recursos, porém os benefícios obtidos, como a isenção de impostos, não foram suficientes. 

Os médicos plantonistas, por exemplo, estão há meses sem receber pelos plantões. “Por compreensão do corpo clínico, os médicos estão trabalhando sem receber pelos plantões. Estamos num momento insuportável, explorando um profissional sem remuneração, acreditando que parcerias que foram firmadas iriam de fato acontecer. Não queremos fechar as portas. Se de fato isso acontecer irá prejudicar toda região”, comenta Orlando.

Em junho do ano passado, a então governadora Cida Borghetti anunciou um convênio de cinco anos para prestação de serviços hospitalares e do SUS, com repasses de 60 parcelas de R$ 352 mil para o hospital. Contudo, esse recurso não teria ainda sido entregue.

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, informou que tem agenda amanhã na Secretaria de Saúde do Estado, em Curitiba, com secretário Beto Preto. “O hospital não deve fechar, vou pessoalmente falar com o secretário. Vamos tentar conquistar recursos junto ao governo, vamos tentar com os nossos deputados também encontrar soluções”, comenta.

A 22ª Regional de Saúde de Ivaiporã informou que ainda não tinha sido notificada oficialmente do fechamento, por isso a direção não iria se manifestar.

O médico Anderson Garcia, que integra a Associação Médica de Ivaiporã, relatou que, na semana passada, a direção do instituto se reuniu com o corpo clínico, formado por mais de 20 médicos, e anunciou o fechamento. O anúncio pegou todos de surpresa.

“Nós sabíamos que o hospital estava no vermelho, que a dívida só estava crescendo, que o Estado não estava fidelizando os projetos, mas não tínhamos a ideia que o problema estava tão grave. Isso gerou uma preocupação muito grande entre o corpo clínico, o atendimento aqui é muito grande, toda a região será prejudicada. É muito triste ver um hospital com mais de 50 anos de história estar prestes de fechar as portas”, ressalta.

O instituto atende 16 municípios da 22ª Regional de Saúde, entre internamentos e cirurgias, pelo SUS, em média, são 240 pessoas por mês.

Deixe o seu comentário
Blog Central Web
O seu portal de notícias do centro do Paraná
Blog Central Web
Rua Cons. Zacarias, N 631 - Pitanga-PR
Abrangência:
Pitanga, Manoel Ribas, Nova Tebas, Boa Ventura, Santa Maria do Oeste, Turvo, Palmital, Laranjal, Mato Rico, Campina do Simão e Goioxim.