12/07
23h23m
A
A
A
Agentes de cadeia de Campo Mourão são investigados por corrupção

Do MP - PR

 
O Ministério Público do Paraná, por meio da 3ª e da 5ª Promotorias de Justiça de Campo Mourão, no Centro-Ocidental paranaense, ajuizou nesta terça-feira, 12 de julho, ações penais e cíveis de improbidade administrativa contra dois agentes de cadeia. Ambos são acusados de corrupção praticada na carceragem da 16ª Subdivisão Policial. 

De acordo com as provas verificadas durante a investigação, o primeiro episódio de corrupção ocorreu em 2013, quando um agente de cadeia teria aceitado receber propina de um preso para viabilizar a entrada irregular de bebida alcoólica na carceragem. Na mesma ocasião, ele teria solicitado propina ou exigido vantagens indevidas de outros presos. Em outro caso, ocorrido em março deste ano, um segundo agente teria viabilizado o ingresso de carregadores de telefone celular e bebida alcoólica no interior da carceragem, também mediante o pagamento de propina. 

Os dois agentes denunciados não trabalham atualmente na Delegacia de Campo Mourão e poderão ser condenados a penas de até 12 anos de reclusão e multa. Além disso, estão sujeitos às sanções previstas para a prática de ato de improbidade administrativa, entre elas a perda da função pública, se for o caso; a suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos e o pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração recebida pelo agente.

Deixe o seu comentário
Blog Central Web
O seu portal de notícias do centro do Paraná
Blog Central Web
Rua Cons. Zacarias, N 631 - Pitanga-PR
Abrangência:
Pitanga, Manoel Ribas, Nova Tebas, Boa Ventura, Santa Maria do Oeste, Turvo, Palmital, Laranjal, Mato Rico, Campina do Simão e Goioxim.